Encontro on-line debate mobilidade urbana e estacionamento rotativo

Fórum Permanente de Discussões sobre Transporte e Mobilidade Urbana em Brasília ocorreu nesta quarta-feira (30/9), pelo canal do Youtube

O projeto Zona Verde, proposto pelo Governo do Distrito Federal, é tema do primeiro Fórum Permanente de Discussões sobre Transporte e Mobilidade Urbana em Brasília e na Região Metropolitana. O debate organizado pela Universidade de Brasília (UnB).

Com participação de especialistas no assunto, o encontro irá explorar medidas para a gestão da mobilidade urbana e estacionamento rotativo na capital. O professor Pastor W. G. Taco, do Programa de Pós-Graduação em Transportes da UnB, explica que o intuito é propor uma discussão técnica sobre a proposta da Zona Verde.

“Vamos trazer para a população um debate sobre o estacionamento rotativo, com exemplos práticos onde esse tipo de projeto já foi implementado”, destacou o professor. “Além de promover uma visibilidade de mobilidade pós-covid”, ressaltou.

Entre os participantes do Fórum, estão os engenheiros Ali Hussein Safadi (consultor de planejamento de tráfego urbano de Foz de Iguaçu) e Luiz Rebelo (supervisor da companhia de engenharia de tráfego da cidade de São Paulo). Os dois vão comentar sobre o modelo adotado nas duas cidades de estacionamento rotativo.

O debate também contou com a participação internacional do professor Francesc Ventura, consultor de urbanismo e mobilidade urbana em Barcelona.

Esse é o primeiro encontro programado pelo Fórum Permanente de Discussões sobre Transporte e Mobilidade Urbana em Brasília e na Região Metropolitana. O segundo ocorrerá na próxima quarta-feira (7/10), com a participação de representantes de empresas que atuam na gestão dos estacionamentos rotativos.

Para a terceira live, está prevista a discussão sobre parcerias públicas e privadas e o último debate irá focar na participação da comunidade em geral. Os encontros ocorrem sempre às quarta-feiras, no canal do Youtube do Grupos de Pesquisa Comportamento em Transportes e Novas Tecnologias (GCTNT) da UnB.

Fonte: Correio Braziliense

Recent Posts

Leave a Comment